Destaque, Informes Paroquiais › 25/04/2015

“Pedir a graça da memória”, Pontífice em Santa Marta

stpaul2015Sexta-feira, 24 de abril: Jesus jamais se esquece do dia em que nos encontrou pela primeira vez e nós devemos pedir a Deus “a graça da memória” – esta a principal mensagem do Papa Francisco na homilia da missa celebrada na Capela da Casa Santa Marta.

Um encontro: foi o modo escolhido por Jesus para mudar a vida dos outros. Aquele com Paulo de Tarso, perseguidor anticristão que quando chegou a Damasco já era um Apóstolo, foi emblemático. O Papa deteve-se neste conhecido episódio da liturgia do dia, mas citou a variedade de encontros contidos nas narrações do Evangelho: João e André, que passam ‘toda a noite’ com o Mestre, Simão que se torna a ‘pedra’ da nova comunidade; a samaritana, o leproso que volta para agradecer por ter sido curado, a mulher doente que se recupera depois de tocar a túnica de Cristo. Foram encontros decisivos, que devem induzir um cristão – afirma o Papa – a nunca se esquecer do seu primeiro contato com Jesus:

“Ele nunca se esquece, mas nós esquecemo-nos do encontro com Jesus.”

O Santo Padre deixou algumas pistas de reflexão para fazermos memória do nosso encontro com Jesus:

Quando senti realmente a necessidade de ter o Senhor perto de mim?

Quando notei que tinha que mudar de vida, ser melhor, ou perdoar uma pessoa?

Quando ouvi o Senhor pedir-me alguma coisa?”

Segundo o Santo Padre estas questões ajudam a saber quando é que Jesus nos disse algo que mudou a nossa vida “porque a nossa fé é um encontro com Jesus. Este é o fundamento da fé: encontrei Jesus como Saulo hoje”.

O Santo Padre concluiu a sua homilia dizendo que não devemos esquecer o encontro com Jesus porque essa é uma recordação de amor.

Fonte: Rádio Vaticana

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com