Notícias › 02/06/2016

3º Dia: “Santo Antônio e o Mistério da Trindade”

trezena_3

No terceiro dia da Trezena de Santo Antônio, a comunidade paroquial do Pari se reuniu às 19h para a Santa Missa presidida pelo Frei José de Cássia dos Santos. Com o lema “Santo Antônio e o mistério da Trindade”, iniciou sua homilia lembrando que o Santo é doutor da Igreja, porém, como diz em um de seus sermões, mais do que com as palavras suas obras deram testemunho de entrega total a Deus.

Por isso, mais do que a teologia do Mistério da Santíssima Trindade, é preciso fazer a experiência trinitária como Santo Antônio. Assim como em sonho disse o menino a Santo Agostinho, é mais fácil colocar toda água do oceano num pequeno buraco na areia do que a inteligência humana compreender os mistérios de Deus, mais do que compreender, é preciso intuir e vivenciar o amor que emana da Trindade.destaque03-trezena

Apesar do cristianismo ser monoteísta, nosso Deus é uma relação de três pessoas. Nós somos pessoas, e o nosso desafio é estar em relação numa sociedade pautada pelo individualismo. Por isso, “ser santo como nosso Pai do Céu é Santo” (Mt 5,48) também é santificar as nossas relações entre pessoas, através do desafio da relação comunitária. Ou seja, essa relação divina é para ser construída entre nós.

Santo Antônio, sendo franciscano, pregou e viveu a utopia da fraternidade universal. Por isso é preciso reconhecer e acolher o diferente que nos completa. Frei José concluiu sua reflexão convidando cada pessoa a contribuir com a evangelização no mundo de hoje, sendo testemunha desta relação de amor Trinitária através de nossas vidas.

Ao final da Missa, estando em peregrinação por várias regiões do Brasil, foi colocada sobre o Altar e ao lado da relíquia de Santo Antônio, a relíquia da Bem-aventurada Madre Assunta Marchetti. Com a benção de Santo Antônio, Frei José concluiu a celebração.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com