Destaque, Notícias › 13/10/2016

Comunidade celebra com júbilo a festa da Virgem Aparecida

A igrejinha da comunidade localizada na estreita rua Sacramento, no Pari, ficou pequena na última quarta-feira, 12 de outubro, ao acolher os devotos de Nossa Senhora da Conceição Aparecida.

destaque1_aparecidaA programação especial para a festa iniciou cedo na comunidade. Antes do alvorecer do dia, os voluntários já preparavam o espaço para acolher com carinho os devotos. Frei Anacleto Luiz Gapski, vigário paroquial, presidiu a primeira missa do dia em honra à virgem. Faltou espaço nos corredores. Fato que se repetiu durante as missas seguintes.

A festa contou com a colaboração de muitos voluntários, que além de organizarem as celebrações litúrgicas, preparam a festa social. Foram vendidos durante todo o dia churrasquinho, pastéis, bolos e doces, além do almoço ter sido servido uma deliciosa macarronada. Não por menos, no final do dia quase todas as barracas tinham esgotados suas iguarias.

No final do dia, o pároco Frei Germano Guesser celebrou a última missa e conduziu a procissão da padroeira do Brasil pelas ruas da comunidade.  O pároco recordou o tamanho da devoção do povo brasileiro, que nesta época, sobretudo, descoloca-se por milhares de quilômetros rumo ao Santuário de Aparecida. Ele enfatizou que essa tradição e carinho pela mãe de Jesus iniciou juntos com os primeiros cristãos. Maria, sempre esteve atenta às necessidades dos primeiros discípulos. Ela, na discrição e no silêncio, acompanhava os passos de Jesus e seus discípulos. Não obstante, Jesus na cruz, apresenta João como filho, e Maria como mãe do apóstolo. Essa relação afetuosa persiste em nosso discipulado – Maria continua a olhar, a cuidar e a interceder por cada um de nós.

destaque2_aparecidaAo término da celebração, a virgem Maria foi coroada pelas crianças que também comemoravam seu dia. Frei Germano, pediu a intercessão da Virgem a cada uma delas. Enfatizou que é notório que as crianças desempenham um papel importante na sociedade como sinal de esperança. Porém, a figura da criança suplica nossa atenção e, pede uma atitude responsável e concreta no cuidado de nossas crianças.

Após o término da celebração, a imagem foi levada pelos fiéis em procissão pelas ruas da comunidade.  As crianças abriram caminho à procissão, como sinal de um futuro que advém cheio de esperança. Que Maria Aparecida seja presença intercessora por cada um de nós neste trajeto.

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com