Quando a injustiça parece prosperar

Frei Gustavo Medella

Parece que a Profecia de Habacuc (Hab 1,2-3; 2; 2-4), na Primeira Leitura deste 27º Domingo do Tempo Comum, descreve o sentimento do povo brasileiro diante do momento atual da história. A impressão que se tem é de que, em benefício de pouquíssimos poderosos, a grande massa tem sido pisoteada em seus direitos.

Em termos de projeto de país, torna-se difícil perceber, naqueles que tomaram o poder, uma preocupação sincera, comprometida e real em relação aos pobres e aos últimos. O combate à corrupção, oportunistamente utilizada em favor do golpe, parece não ser mais a prioridade. (“Para os amigos, fecham-se os olhos”). É claro que a corrupção é verdadeiro monstro que precisa se combatido à exaustão entre todas as esferas de poder, sem distinção de bandeira ou partido.

No entanto, todas as iniciativas e propostas, atrapalhadamente alardeadas por um governo que se pretende novo, apontam numa única direção, o empobrecimento e o “embrutecimento” da absoluta maioria da sociedade que, quanto menos pensar ou lutar por seus direitos, tanto melhor.

Diante de tais investidas, o cristão deve procurar ser alguém que pense, não somente em si, mas no melhor para todos. Já está mais do que provado que deixar a condução dos passos da história sob o jugo da “força da grana” é uma opção que está levando a sociedade à falência, em termos de valores e inclusive na possibilidade de sobrevivência diante dos graves problemas ambientais que se avolumam.

A fé, como resposta a desafios desta monstruosa proporção, aparece de maneira discreta, sem estardalhaço, mas com impressionante poder de transformação. É ela -por pequenina que pareça- a força necessária para arrancar de nossos corações toda tendência ao egoísmo, à ganância e à prepotência. A Igreja, como fiel guardiã da fé, deve fazer o anúncio protético da justiça, por uma política honesta e comprometida, avessa a conchavos, negociatas, pactos espúrios, mesquinhos e excludentes que têm se revelado verdadeiro câncer para o país.

(Fonte: Franciscanos)

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com