Notícias › 18/05/2016

Um novo centro para os idosos do Sefras

alto_sefras

Érika Augusto

São Paulo – O Serviço Franciscano de Solidariedade – Sefras, que tem sua sede ao lado da Igreja Santo Antônio do Pari, reuniu nesta terça-feira (17/5) colaboradores, frades e diversas autoridades para a reinauguração do Sefras Idoso, a antiga Casa de Clara. O espaço, localizado na Rua Serra de Jairé, no bairro do Belém, zona Leste de São Paulo, abrigou por muitos anos o Cefran – Centro Franciscano de Luta contra a Aids. Após 6 meses de reforma, o novo local foi inaugurado e entregue para a comunidade e para os idosos.

Estiveram presentes Frei Fidêncio Vanboemmel, Ministro Provincial; Frei Evaristo Spengler, Vigário Provincial; Frei José Francisco de Cássia dos Santos, diretor presidente do Sefras e Definidor Provincial; Frei Mário Tagliari, vice-presidente do Sefras; Frei André Gurzynski, o primeiro coordenador do Sefras e que atualmente está em missão em Angola; além de diversos frades do Regional de São Paulo, religiosos e religiosas, voluntários e colaboradores do Sefras. Estiveram presentes também Luciana Temer, Secretária de Assistência e Desenvolvimento Social da Prefeitura de São Paulo; Cassia Migliorini Lins, coordenadora do Sefras Idoso; Maria Luzia de Almeida, conselheira e curadora da Fundação Salvador Arena; Simone Nazaré Moreira, representante da Supervisão de Assistência Social da Mooca; Delton Esteves Pastore, promotor da Vara do Idoso; e Antônio Santos Almeida, conselheiro do Grande Conselho Municipal do Idoso.

Frei José Francisco agradeceu a presença de todos neste dia festivo, onde o Sefras não somente reinaugurou um espaço, mas iniciou uma nova etapa do trabalho com os idosos. O frade falou a respeito da importância da simbologia da reconstrução para os franciscanos e contou sobre a restauração da igreja de São Damião. “São Francisco percebeu que o desafio não estava em restaurar o prédio de pedra, mas restaurar os vínculos humanos, aproximar as pessoas e por isso o grande tema da vida de Francisco é a fraternidade”, disse, ressaltando o compromisso do Sefras em promover esta integração humana, na promoção de espaços que agreguem valor às pessoas, sobretudo às que estão em situação de risco.

Cassia Migliorini relembrou aos presentes que o cuidado com os idosos é um dos trabalhos mais antigos do Sefras, completando 20 anos em 2016. Ela expressou sua gratidão pela confiança da instituição em sua nova missão à frente do serviço, e ressaltou a importância de locais como este, que têm como objetivo o cuidado com a qualidade de vida, empoderamento, protagonismo e debate dos direitos dos idosos. “Este espaço vem reafirmar o compromisso do Sefras com o público da terceira idade”, concluiu.

A representante da Fundação Salvador Arena, Maria Luzia de Almeida, falou da importância da parceria do Sefras com a Fundação, e da preocupação da instituição com os idosos. Frei José Francisco agradeceu pela confiança e pela contribuição da Fundação na reforma e adaptação do espaço.

Delton Esteves falou aos presentes da importância do trabalho do Centro Dia para idosos. “Essa tarefa de socialização dos idosos é fundamental para eles, para que não se sintam apenas objeto de direitos, mas sujeitos de direitos, que possuem vontades e desejos, mesmo aqueles que possuem alguma doença mental”, afirmou. O promotor ressaltou o compromisso do Ministério Público em atuar em prol dos mais vulneráveis, que é o caso de muitos idosos. E assegurou que a parceria com o Centro Dia é um avanço na proteção integral às pessoas da terceira idade.

alto_sefras_2

BENFEITORES
O dia de hoje foi marcado também por homenagens. Além de homenagear o diretor presidente, Frei José Francisco, por seus 10 anos à frente do Serviço Franciscano de Solidariedade, os colaboradores do Sefras aproveitaram a reinauguração para demonstrar sua gratidão pelos parceiros e benfeitores, que foi o caso de Dona Lívia Agnes.

Ela recebeu uma placa da instituição, simbolizando todos os benfeitores que colaboram financeiramente para a manutenção das diversas frentes.

Dona Lívia agradeceu e partilhou um pouco de sua história. Seu marido esteve nos campos de concentração e recebeu ajuda de muitos desconhecidos ao sair de seu país. Ela afirmou que a contribuição que ela faz ao Sefras hoje é uma maneira de retribuir os cuidados recebidos por sua família nos momentos de dificuldade.

SERVIÇO
O Ministro Provincial, Frei Fidêncio Vanboemmel, falou aos presentes da importância do serviço ao próximo. Tomando como ponto de partida o Evangelho do dia (Mc 9, 30-37), onde seus discípulos se questionam quem seria o maior entre eles, e Jesus afirma: “Se alguém quer ser o primeiro, deverá ser o último, e ser aquele que serve a todos.”

“Hoje percebemos quanta disputa para ser grande e para ter poder. Mas o poder não tem o significado de servir. E Jesus diz que a grandeza do ser humano está no servir. Estamos aqui para aprender a servir, somos todos chamados a servir os irmãos”, afirmou.

O frade falou que a acolhida e o serviço é a principal missão da casa, independentemente da idade, raça ou religião. A dura realidade dos idosos em grandes centros urbanos foi lembrada pelo Ministro Provincial, que questionou: quanto sofrimento existe no nosso mundo, quantos idosos estão abandonados, sofrendo, sem acolhida? “Nós queremos nos acolher mutuamente e nos colocarmos em serviço, esta é a missão da casa, mas é também a missão de cada um de nós”, concluiu. Em seguida, Frei Fidêncio abençoou o espaço.

Luciana Temer, Secretária Municipal de Assistência e Desenvolvimento, falou em nome do Prefeito Fernando Haddad, agradecendo o serviço do Sefras em suas diversas frentes: idosos, população em situação de rua, imigrantes e outros, e destacou a presença dos organismos da sociedade no evento. “Essa é a composição mais bonita que podemos ter: poder público, sociedade civil, ministério público, conselhos, todos trabalhando pelo bem comum”, afirmou.
A secretária exaltou o trabalho do Sefras Idoso, atuando como Centro Dia, onde os atendidos poderão ficar durante período integral em diversas atividades. Ela afirmou que este serviço cobre uma demanda importante da cidade, pois são pessoas que possuem família, mas os familiares, por causa do trabalho, não podem deixá-los sozinhos em casa. “A família vai poder contar com uma instituição como o Sefras, que vai cuidar muito bem deste idoso enquanto a pessoa vai trabalhar, esta é uma função muito relevante para a cidade”, disse.

Luciana Temer falou ainda sobre a importância da parceria de organizações no atendimento às pessoas mais necessitadas. “A Prefeitura precisa da parceria da sociedade civil, e o Sefras é um parceiro muito importante, através da prestação de serviços relevantes, que auxiliam pessoas em altíssima vulnerabilidade. Sem o trabalho destas pessoas dispostas, competentes e que têm compromisso com as causas sociais, não poderíamos atender a este grupo de pessoas que precisa tanto do poder público”, afirmou.

Ao final da cerimônia o coral da Organização Nossa Senhora do Bom Parto brindou a todos com uma apresentação musical. Em seguida todos foram convidados para um almoço nas novas dependências do Sefras Idoso.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com